domingo, 18 de abril de 2010

aguarelas para o livro "rio que corre indiferente"


aguarelas executadas por Judita Mati. a primeira inspirada no Porto e a segunda em Vilnius...
esta foi a escolhida.

PS: obrigado Ju.